Uncategorized

Questões para refletir sobre o conflito Israel Palestina

Por que chamamos de terrorista o palestino que lança um míssil em direção à Israel, mas nos referimos ao israelense que joga uma bomba sobre hospital em Gaza como “alguém que exerce o direito de se defender de Israel”?

Por que Israel não desocupa a Cisjordânia ocupada ilegalmente há décadas?

Por que Israel tem apoio dos EUA para continuar ocupando ilegalmente território palestino?

O que aconteceria com a Palestina se ela estivesse ocupando ilegalmente território israelense?

Por que é dado a Israel o direito de se defender e não é dado à Palestina o mesmo direito?

Por que nunca ouvimos ou vemos entrevistas com lideranças palestinas mas apenas com as israelenses?

Por que ainda não existe o Estado Palestino?

Por que Israel não assinou em 2006 o acordo em que o Hamas e o Fatah, as lideranças políticas palestinas, aceitavam reconhecer Israel e aceitavam também acatar todas as exigências que Israel fez?

Por que acreditamos que os túneis construídos por palestinos em Gaza são para atacar Israel se eles até hoje só foram usados para tentar furar o bloqueio imposto sobre Gaza por Israel (ou seja, para contrabandear coisas como comida, medicamentos, roupas etc)?

Por que Israel, logo depois que a Palestina realizou eleições democráticas em 2006, monitoradas pela ONU, aumentou o bloqueio sobre o território em vez de iniciar entendimentos para a paz?

Qual dos dois lados ganham dinheiro, poder e território com a guerra?

Como vivem os Israelenses? Falta comida, água, vida cultural?

Como vivem os palestinos? Falta comida, água, vida cultural?

A quem interessa que essa guerra siga sendo lutada?

E por fim…

Como nos sentiríamos se a ONU tivesse decretado que a Argentina seria uma nação no meio do Brasil porque o livro sagrado deles assim determinava que fosse, tivéssemos dito “Ok, beleza” meio a contra-gosto porque a gente achava que aquela terra era nossa e nosso livro sagrado também dizia isso, para ver que, em seguida, nossas terras seriam ilegalmente invadidas pela Argentina que já não estava feliz com o tanto de território ganho. Depois de nos espremer, a Argentina construiria uma cerca e nos concentraria em uma faixa minúscula de terra, bloquearia economicamente o que restou da gente, sem deixar chegar os mais básicos mantimentos e, além de tudo isso, sairia lançando bombas sobre nossas cabeças alegando que fazia isso porque estávamos mandando uns mísseis na direção deles e, afinal, quando eles chegaram por lá a gente havia feito um estatuto jurando que os eliminaria do mapa e, embora hoje fôssemos muito pobres e pequenos, e eles muito grandes e ricos, essa nossa histórica ameaça ainda os deixava furibundos e eles exigiam do mundo direito de se defender da gente, esse povo pequeno, pobre, esquecido e espremido em uma faixa de terra. Como você se comportaria nessa situação?

Um pensamento sobre “Questões para refletir sobre o conflito Israel Palestina

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s