Uncategorized

Ganha U$9 mil/hr e nega U$15/hr para funcionários

Enquanto a gente aqui assiste Michel Temer e sua cavalaria tomarem o país para executar um assalto neoliberal, o trabalhador americano trava batalhas diárias pelo aumento do salário-mínimo tentando fazer com que ele chegue a 15 dólares por hora.

Mas as grandes corporações, claro, buscam evitar que o salário-mínimo aumente e o duelo entre trabalhadores e CEOs segue forte nos Estados Unidos.

O jornal USA Today, em matéria recente, jogou um pouco de luz na questão e fez as contas de quanto ganharam por hora em 2015 alguns dos CEOs que estão na luta para que o salário-mínimo não seja elevado a 15 dólares por hora.

Os números dispensam comentários, então vou apenas jogá-los abaixo e encerrar o texto:

  • CEO da CVS, cadeia de farmácias: mais de 13 mil dólares por hora
  • CEO da Victoria’s Secret: 13 mil dólares por hora
  • CEO do Starbucks: mais de 9 mil dólares por hora
  • CEO do Walmart: 9 mil dólares por hora

Aqui o link para o texto do USA Today

 

Um pensamento sobre “Ganha U$9 mil/hr e nega U$15/hr para funcionários

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s