Uncategorized

Tchau, querida

Quando Dilma acabou eleita pela primeira vez minha sobrinha, então com uns seis anos, disse alguma coisa assim: se uma mulher pode ser presidente então a gente pode tudo, né? Pode, de verdade pode, eu respondi.

Da mesma forma que foi emocionante assistir, em 2002, um trabalhador de chão de fábrica chegar ao poder, foi lindo ver uma mulher fazer a mesma coisa e marcar nossa história.

Mas Dilma agora descerá a rampa antes da hora e entregará a faixa ao mais miserável e deplorável partido brasileiro, um que ela escolheu para formar sua chapa e que nos deixa de herança, essa sim maldita.

Verdade que ela cometeu dezenas, talvez centenas, de erros durante a primeira administração, e se superou em erros na segunda, mas não pôde de fato governar da segunda vez porque o golpe já estava em gestação e o plano da oposição era apenas criar o caos até que ela fosse expurgada.

De toda a trajetória de Dilma, o que mais me impressiona é ter sido torturada e, ainda assim, não delatado seus companheiros. Me torturem e eu sou capaz de entregar até inocentes em menos de um minuto. Não é qualquer um que se mantém reto e íntegro durante uma sessão de agressões físicas e morais. Como não é qualquer um que, já no mais alto cargo público na nação, consegue escutar deputado fazer homenagem póstuma em rede nacional de TV àquele que a torturou.

É essa mulher que descerá a rampa e passará a faixa para um dos mais eloquentes representantes da elite neoliberal brasileira, uma gente que não seria capaz de voltar ao poder sem a ajuda de um golpe.

Pode parecer que a vitória está com a elite branca-macho-homofóbica que arquitetou a saída precoce dela, ou com a Globo, ou com o vergonhoso judiciário desse país, ou com os patos da Fiesp, todos atuantes no processo desse impedimento Mandraque, mas esse jogo está longe de terminar, e o que estamos lendo faz parte do primeiro volume de um livro que, quando for escrito, chamará as coisas por seus devidos nomes, e dará a Dilma os seus merecidos créditos.

Não se enganem os que ainda acham que estamos testemunhando o fim das corrupções; o que estamos testemunhando é o fim das investigações. Não se enganem os que acham que tudo isso está sendo feito para que a putaria político-empresarial termine e seja sepultada; tudo está sendo feito para que ela siga existindo como sempre existiu.

Era isso, aliás, que Dilma tinha de diferente de seus antecessores: foi em suas administrações que mais se investigou e puniu políticos e empresários. Esse estado de coisas, claro, não poderia continuar; era preciso encontrar um motivo para demovê-la.

Mas por onde tirar Dilma?

Forçando bastante a barra os golpistas foram capazes de encontrar um pseudo-motivo que, devidamente mexido, remexido e maquiado poderia servir para confundir a opinião pública a respeito de Dilma e de sua turma. Esqueçam que o motivo é tecnicamente falho, que pedaladas fiscais são cometidas por todos e não se enquadram em crime de responsabilidade, e portanto não podem justificar o afastamento de um presidente, porque sobre isso não precisamos falar.

Os avanços sociais, desde Bolsa Família, passando por ProUni, pela lei das domésticas, pela mundialmente reconhecida diminuição da pobreza, pelo SUS, pelo Minha Casa Minha Vida, pelo Luz para Todos e chegando aos quase 80% de aumento no valor do salário mínimo fizeram também barulho demais para uma elite mimada e a cada dia mais sedenta por interromper a atenção dada às classes mais baixas.

Mas talvez os economicamente poderosos tivessem se mantido por mais tempo na moita não fosse o pré-sal, cuja descoberta assanhou a politicalha neoliberal do Brasil e do mundo. É muita grana para não ser vendida na gringa, pensaram os nossos. “Precisamos tirar do poder esses caras que acham que a riqueza de uma nação pertence à sua população”. E, tremendo antecipadamente de emoção pela Privataria 2, disseram “já chega”; já que nas urnas não estava rolando, então tiremos essa mulher de um outro jeito.

Claro que Dilma cometeu deslizes imperdoáveis, que não se limitam a escolher Temer como vice, e deslizes que soam ainda mais graves para uma líder que se diz de esquerda, como o pouco caso com o meio ambiente e com povos nativos, mas ainda assim é impossível deixar de reconhecer todos os avanços sociais pelos quais passamos desde 2002.

Como administradora Dilma não deixará saudade, é verdade. Mas estamos tirando do poder uma mulher íntegra, ética e cujo maior crime foi não ter compactuado com a podridão política que há tantas décadas nos assola.

Tchau, querida. Que seja breve e que a verdade não demore a vir à tona.

Enquanto isso estaremos entregues ao que o Brasil tem de pior: uma elite corrupta, machista, misógina, elitistas, racistas e homofóbica.

É o patriarcado novamente com força total nos quatro poderes (não tiremos a imprensa disso), e como o fascismo é a derradeira expressão da hierarquia patriarcal é de se lamentar que tenhamos que entrar nesse quarto escuro e frio outra vez.

Que Deus nos proteja de seus fanáticos seguidores até que o povo novamente acorde e retome a soberania.

18 pensamentos sobre “Tchau, querida

  1. Ler seu texto Milly é de repente sentir as sinapses dos neurônios enfim se conectarem com uma lógica que está diante de nosso nariz e não enxergamos, é passear pelo pensamento pragmático de uma mulher que como Dilma nunca teve medo de se expor e também como ela sofre as torturas diárias de intolerâncias e radicalismos. Viver é uma aventura que exige coragem, humildade, empatia com a dor do outro. Com Dilma, todas nós mulheres desceremos a rampa deixando no lugar a escória de uma política retrógrada, oportunista, machista e podre. O que será de nós?

    Curtido por 1 pessoa

  2. Milly, não haverá eleições em 2018. Se a esquerda estiver alimentando a esperança de voltar ao poder em 2018, pode tirar o cavalinho da chuva. O Temer não vai largar o osso e com a ajuda desse congresso medíocre vai implantar o parlamentarismo com o Serra candidatíssimo a primeiro ministro. Ou há luta pra valer com o povo nas ruas ou a plutocracia, com o apoio dos EUA, não permitirá a volta de um governo popular. Infelizmente pagamos pelos erros do PT por não ter feito, quando pode, o enfrentamento necessário com a reforma política e a regulamentação da mídia e, ainda, ter se lambuzado no modus operandi das velhas oligarquias políticas.

    Curtir

  3. Olha… O quarteto de “notáveis” que acompanha o Temer reúne a nata da corrupção no Brasil: Romero Jucá, Moreira Franco, Geddel (lembra dos Anões do Orçamento? O cara tá de volta!) e Eduardo Alves. Com exceção talvez da época da ditadura, um conjunto de corruptos graúdos assim no governo não tem precedentes na história brasileira. Tremendo retrocesso!

    Quem foi às ruas protestar contra a corrupção do PT entregou o Brasil de bandeja a um grupo que seguramente roubou 50 vezes mais nos últimos 30-40 anos rondando o poder. Esse estrago vai ser muito difícil desfazer.

    Curtir

  4. Foram 13 anos esperando essa quadrilha cair, o que ocorreu hoje é apenas o começo. Lula, o Don Corleone de Garanhuns em breve vai para o seu devido lugar, a Papuda. Dilma, que quebrou o país, vai se juntar ao chefe.

    Obs: Golpe querida, é aplicar o dinheiro do fundo de pensão dos Correios em países bolivarianos, quebrar esses fundos e fazer os funcionários da ativa e os aposentados, como o meu tio, terem 18% de desconto.

    Infelizmente, essas pessoas nunca serão tema de um comentário seu, mas estaremos alerta para que essa petralhada não volte.
    O Brasil real acordou.

    O que Noam Chomsky acha disso?

    Curtir

    • Por que vc se importa com o que Chomsky pensa, se o máximo que vc consegue é ecoar os grunhidos dos teus gurus Olavo Carvalho, Reinaldo Azevedo, Diogo Mainardi e Arnaldo Jabor?

      Curtir

      • Eu não tenho guru, não me meça pela sua régua.
        Me baseio no aumento de impostos para sustentar vagubundos, me baseio
        em arruaceiros de vermelho parando ruas e avenidas impedindo o meu direito de ir e vir.

        Lamento que o senhor não percebeu a ironia de perguntar o que Chomsky acha, pois a autora sempre cita esse senhor, eu não dou a mínima para esse cidadão.

        Faço votos que o senhor entenda quando alguém fizer uma ironia.

        Curtir

      • Rafael, se vc não tem guru não é o que parece, pois ao invés de argumentos vc fica apenas reproduzindo os mantras daqueles cidadãos como se fosse um midiota lobotomizado. Vc pode também sair abraçado com o seu coleguinha Celso que compara o Chomsky com o astrólogo Olavo. Cada uma!
        PS, Como já disse Millôr: “O Brasil tem um grande passado pela frente”.
        Pena!

        Curtir

    • Prezado Rafael, concordo em gênero, número e grau com você. E quero deixar a letra da canção “Um Novo Tempo” do brilhante Ivan Lins, que resume bem o espírito que nós, que lutamos contra a ORCRIM, temos que ter em mente:

      No novo tempo, apesar dos castigos
      Estamos crescidos, estamos atentos, estamos mais vivos
      Pra nos socorrer, pra nos socorrer, pra nos socorrer
      No novo tempo, apesar dos perigos
      Da força mais bruta, da noite que assusta, estamos na luta
      Pra sobreviver, pra sobreviver, pra sobreviver
      Pra que nossa esperança seja mais que a vingança
      Seja sempre um caminho que se deixa de herança
      No novo tempo, apesar dos castigos
      De toda fadiga, de toda injustiça, estamos na briga
      Pra nos socorrer, pra nos socorrer, pra nos socorrer
      No novo tempo, apesar dos perigos
      De todos os pecados, de todos enganos, estamos marcados
      Pra sobreviver, pra sobreviver, pra sobreviver
      No novo tempo, apesar dos castigos
      Estamos em cena, estamos nas ruas, quebrando as algemas
      Pra nos socorrer, pra nos socorrer, pra nos socorrer
      No novo tempo, apesar dos perigos
      A gente se encontra cantando na praça, fazendo pirraça

      É isso aí!

      Abraços!

      P.S. Adorei a referência sobre Noam Chomsky, também conhecido como o Olavo de Carvalho americano…

      Curtir

      • Não foi Olavo, Reinaldo Azevedo, Mainardi entre outros que me disseram que vai ter desconto na aposentadoria por conta de roubalheira no fundo de pensão dos Correios.
        Idiota lobomotizado, são aqueles que ficavam gritando que não ia ter golpe, foram aqueles que ingressaram na marcha da mortadela.
        E quem é você para ficar julgando comentário de alguém?
        Certamente, deve ter algum totono ganhando salário julgando opinião dos outros na Venezuela.
        Fica a dica.

        Curtir

  5. “Maior crime foi não ter compactuado com a podridão política que há tantas décadas nos assola”. Como que não compactuou? Até Ministro do STJ ela nomeou pra tentar limpar a barra do Odebrecht. Ser de esquerda é ser cego? Não posso crer nisso? Os honestos de verdade da esquerda já pularam do barco podre do PT faz tempo. Heloísa Helena, Hélio Bicudo, Luiza Erundia, Ivan valente e etc.

    Curtir

  6. Pingback: Tchau, querida | Studium

  7. Milly, batalhas se ganham, batalhas se perdem. O que realmente importa é quem está na trincheira lutando ao seu lado. Eu, definitivamente, não estou e não quero ao meu lado o Temer, Aécio, Cunha, Serra, Jucá, Geddel, Bolsonaro, Feliciano, Malafaia, Olavo, Mainardi, Reinaldo, Jabor, Sherazade, Villa, Kataguiri, Chequer, Lobão, Roger, Frota et caterva.
    Na verdade, do fundo do meu coração, eu quero mesmo é que esses todos vão pra PQP.

    Curtir

  8. Milly,

    Me ajuda aqui pois não entendo bem da coisa….

    A Dilma tinha a maior base aliada da História de um governo eleito no congresso.

    Porque, mesmo assim, ela não conseguiu arrumar míseros 172 votos para não ser cassada na Camara dos Deputados? Como, da noite pro dia, todos os aliados viraram golpistas?

    Como, no Senado, onde ela tinha maioria Absoluta, perdeu também de lavada?

    Porque o supremo, onde 9 dos 11 integrantes foram indicados pelo PT, não diz que é golpe?

    Onde está escrito que um Presidente, uma vez eleito, não pode ser destituído do poder pelas regras que estão na constituição?

    Não seria a maior forma de autoritarismo um presidente eleito não responder a ninguém?

    Porque maquiar contas para se re-eleger e gastar o que existe e o que não existe não é crime de Responsabilidade ou melhor de Irresponsabilidade?

    Destruir o setor elétrico, sucro-alcoolerio, e a Petrobras São crimes de quê?

    Porque as leis que definem um crime de responsabilidade, que estão na constituição, são consideradas golpe no seu ponto de vista?

    Porque as previsões previstas em lei para destituir um governante que está afundando um pais não podem ser utilizadas?

    Porque a Dilma diz que existem só 10 milhões de Brasileiros abaixo da linha pobreza e paga Bolsa Família pra 50 milhões?

    Porque um julgamento de Impeachment, notoriamente político, conduzido por representantes do povo, é golpe?

    e para terminar…a Dilma, quando foi presa e supostamente torturada, era uma freira de igreja, ou participava de atividades terroristas? Não defendo a tortura, mas defendo muito menos o terrorismo. Onde existe o mérito de caráter nisso? E a organização para a qual ela lutava, defendia a democracia ou um governo totalitário de esquerda?

    Me ajude com essas respostas por favor…..

    Curtido por 1 pessoa

  9. Pingback: Tchau, querida « Associação Rumos

  10. É NOJENTO ver vocês mais preocupados com o próprio umbigo do que com o Brasil e a situação de calamidade que estamos vivendo. E aí e agora? Quem nos colocou nesta situação? Qual a saída proposta? Reclamar, culpar e cuspir no outro? Até quando os que dizem de esquerda no Brasil serão incapazes de autocriticas?
    Quero acorda-los, vocês que só pensam no Ministério da Cultura e no Golpe(mimimimimimi) informo que centenas de brasileiros estão morrendo por HORA por falta de condições mínimas de atendimento básico. (Isto vocês não sabem ou não falam, pois vcs têm planos de saúde, não é mesmo? ou tinham e agora reclamam por estar sem mamatas, não sei?!.)
    Os pendrives de sociologia e história estão “surpresos” com o PMDB? Não sabiam do que eles eram capazes de fazer? Agora que tudo é culpa do Cunha e do Temer , fica claro que vocês não conseguem assumir os próprios erros, é isto? A estratégia petista de usar e jogar fora quando não é mais necessário virou contra vocês? O golpe é qual??
    Quando o PT vendeu a alma pro diabo e precisou do PMDB com Sarney e amiguinhos como Maluf, Color tudo bem, até porque pro PT os fins sempre justificaram os meios mesmo. Mas, os outrora companheiros agora são marginais e golpistas? Quem quis enganar e dar o golpe no diabo? Ou agora vocês vão pagar de ingênuos que não sabiam do que eles eram capazes de fazer? É jararaca querendo comer jararaca pra ver se cria assas.
    Qual a solução que vocês propõem? Além da tentativa de negar a realidade que vocês mesmos ajudaram a construir?
    Quando vocês falam que as investigações vão terminar, que a lavajato acabou, prova quão distantes e desconectados com o povo vocês estão. Vocês os “sabem tudo”, a “raça intelectual brasileira” caducaram olhando para o próprio estomago e se cultuando como deuses soberanos.
    É lamentável ver tantas escamas;
    Rita

    Curtir

  11. A questão hoje não é apenas o golpe, desferido contra o governo eleito e contra a democracia, mas o que estão pondo em curso com ele. Os indignados com o governo PT, talvez tenham seus motivos e suas queixas legítimas, ok, concordo, porém muito parcialmente. Particularmente eu vejo que muitas dessas queixas não tem qualquer relação com a realidade. São expressões tipo: “estamos vivendo a pior crise da história”, ” nunca houve tanta corrupção”, “esses caras do PT são comunistas e vão mudar a cor da nossa bandeira “… e mais uma infinidade de asneiras infames desse tipo que não vale a pena citar. O que importa não é essa guerra psicológica entre pessoas medianas e sem relevância. Aqueles que defendem o golpe, e os que se posicionam contra essa manobra obscura da direita. o que importa é saber quem está lucrando e vai lucrar com tudo isso… pra mim está bem claro e evidente: Não será o povo trabalhador brasileiro, nem a grande maioria dos habitantes desta patria,. será sim uma parcela bem pequena, e muitos desses não são e nem nunca serão brasileiros.

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s