Comportamento/Economia/Política

A falsa narrativa de que Lula culpou dona Marisa

Eu poderia ter aproveitado meu sábado para ler Irmãos Karamazov de cabo a rabo, assistir O Leopardo e Doutor Jivago na sequência, ou quem sabe ficar vendo vídeos das vitórias e dos gols do Corinthians ao longo dos anos, mas o que fiz foi rever o depoimento de Lula a Sergio Moro.

O que me moveu a executar tarefa tão estúpida não foi apenas a falta do que fazer em um sábado, mas o tsunami de emoções que me invadiu depois que vi a capa da Veja e a propaganda de dia das mães das lojas Marisa, que cruzam fronteiras morais que jamais deveriam ser cruzadas em um mundo minimamente decente e humanizado.

Não conheço Lula, nunca o vi na vida e nunca votei nele, mas se tem uma coisa que me tira de eixo, além das derrotas do Corinthians, são injustiças e preconceitos. E, na mesma escala, o uso indevido da imagem de alguém que não está mais aqui.

Se Lula é culpado de alguma coisa não posso dizer. Não posso dizer nem se minha mãe é culpada de alguma coisa, mas o que posso dizer é que se um dia minha mãe for suspeita de crimes eu gostaria que ela tivesse direito a um julgamento justo, que fosse justamente divulgado pela imprensa, e que, se condenada, fosse condenada a partir de provas e não de desejos e de crenças.

Desde que o depoimento de Lula a Moro terminou o que temos visto é a imprensa repercutir a ideia de que Lula culpou dona Marisa, que morreu em fevereiro desse ano.

Nesse caso Lula teria transferido a culpa, fica implícito, a alguém que não está mais aqui para se defender, o que seria, naturalmente, covarde, baixo, vulgar e pequeno da parte dele.

Acontece que isso não é absolutamente verdadeiro, mas para saber disso é preciso ser alguém sem vida social como eu, e ter paciência para assistir 4 horas e meia de depoimento no Youtube.

E eu fui rever esse depoimento apenas para provar que a narrativa que a grande mídia está construindo a respeito da covardia de Lula é falsa – a despeito de Lula ser ou não culpado de alguma coisa – triplex, sítio, pedalinho etc e tal.

O que vem ao caso aqui não é a culpa ou a falta de culpa dele, mas a construção de uma história inventada para confundir a opinião pública a respeito do que aconteceu no aguardado depoimento de Lula a Moro.

Então vamos lá, num alucinado minuto a minuto do que Lula disse a Moro a respeito de dona Marisa, e deixando de lado toda a bizarrice que foi o depoimento.

10’54”: Moro cita dona Marisa a respeito da compra de apartamento no Guarujá. O advogado de Lula corrige o juiz e diz que o documento não fala em compra de um apartamento, mas em compra de uma cota. Lula então responde citando a mulher, já que a pergunta era sobre ela. Moro quer saber como dona Marisa comprou a cota, e Lula responde.

13’09” Moro cita dona Marisa outra vez e mostra documento com assinatura dela. O juiz explica que o documento foi rasurado, mas não sabe por quem.

14’25” Moro cita dona Marisa outra vez: “A sua esposa nunca mencionou [a intenção de adquirir um Triplex e não uma unidade simples]?”

17’30” Moro volta a citar dona Marisa.

18’25” Moro cita outra vez dona Marisa perguntando por que Lula e ela não celebraram a compra do apartamento como os demais cooperados da Bancop, e por que tampouco solicitaram de volta o dinheiro já dado. Lula responde citando a mulher.

19’08” Moro cita dona Marisa dizendo que o termo de adesão está assinado por ela.

19’54” Moro cita outra vez dona Marisa.

20’35” Moro volta a citar dona Marisa, outra vez sem que Lula tivesse falado nela.

21’43” Pela primeira vez no depoimento Lula cita a mulher sem ser perguntado. Diz que soube durante os depoimentos dos depoentes que em 2012 dona Marisa tinha autorizado que a OAS vendesse o apartamento.

23’12” Moro pergunta se Lula tinha visto o apartamento do Guarujá. Lula diz que foi uma vez em 2014. Moro pergunta com quem, Lula diz que com dona Marisa e com Leo Pinheiro.

24’08” Moro cita dona Marisa: “O senhor ou sua esposa solicitou uma reforma?” Lula diz que não.

24’25” Moro cita dona Marisa querendo saber se ela, ou Lula ou algum familiar tinha ido outras vezes visitar o imóvel. Lula diz que achava que dona Marisa tinha ido mais uma vez. Diz que sabe disso porque Fabio, o filho, contou.

25’02” Moro quer saber o motivo da visita.

25’33” Moro cita dona Marisa, dizendo que essa visita teria sido em Agosto de 2014.

25’50” Moro pergunta se Lula ou dona Marisa orientou reformas no apartamento. Lula diz que não, mas que quando ele esteve no apartamento apontou muitos defeitos.

26’50 Lula diz que dona Marisa não gostava de praia, respondendo a pergunta de Moro a respeito da decisão deles sobre ficar ou não com o apartamento. Lula explica que dona Marisa talvez tivesse interesse no apartamento como investimento.

27’15” Lula diz que não comunicou a OAS que não tinha interesse no imóvel porque dona Marisa estava em dúvida se o queria ou não.

27’33” Moro quer saber se depois da segunda visita dona Marisa resolveu ficar com o apartamento. Lula explica que só soube depois que dona Marisa tinha feito uma segunda visita ao imóvel.

28’10” Moro cita depoimento de Lula no primeiro inquérito (do da condução coercitiva) e fica claro que Lula dava as mesmas explicações a respeito do apartamento, inclusive com as citações a dona Marisa, estando ela viva na época.

30’47” Moro diz que Lula disse que decidiu não ficar com o apartamento depois da visita de dona Marisa. Lula explica que ele está falando as mesmas coisas em ambos os depoimentos (portanto, citando dona Marisa da mesma forma, quando ela era viva e agora)

31’30” Moro cita dona Marisa, querendo falar outra vez da segunda visita que ela fez ao apartamento. O advogado de Lula interrompe dizendo que Lula acabou de explicar exatamente isso. Lula volta a explicar e dessa vez diz: “Lamentavelmente, ela [dona Marisa] não está mais viva para eu perguntar”

32’17” Moro cita dona Marisa falando do primeiro depoimento de Lula, o da condução coercitiva, ocasião em que o delegado quis saber se dona Marisa esteve no apartamento para ver se cozinha e elevador tinha sido instalados. Moro então pergunta se dona Marisa contou a Lula sobre o estado do apartamento. Lula diz que não.

34’25” Lula, impaciente, cita dona Marisa, dizendo que vai repetir o que vem dizendo: “O apartamento estava no nome da minha mulher , ela queria fazer negócio”.

34’36” Moro quer saber se Lula sabe se dona Marisa comunicou formalmente a OAS que não queria mais o apartamento. Lula diz não saber.

37’40” Lula reclama da Lava Jato, dos métodos da operação, e Moro pede que Lula tenha paciência. Lula diz: “É que perguntar coisas para mim de uma pessoa que já morreu é muito difícil”. Moro, solidário, diz: “Eu imagino”.

38’00” Moro cita dona Marisa falando das visitas ao apartamento e ligando as reformas do Guarujá e de Atibaia. Lula explica que o sítio é um outro processo, o advogado de Lula pede que Moro se atenha ao processo do triplex.

47’40” Moro cita dona Marisa, supostamente mencionada como “a dama” em conversa entre executivos da OAS. Na conversa, “a dama” teria aprovado o projetos das reformas da cozinha do Guarujá e de Atibaia. Lula diz que não pode responder por mensagens trocadas entre terceiros.

52’00” Moro cita dona Marisa dizendo que os projetos das reformas das cozinhas do sítio e do Guarujá teriam sido submetidas a ela. Lula diz que não tomou conhecimento disso.

1h06” 30” Moro cita dona Marisa.

1h10’01” Moro cita dona Marisa

1h11’10” Moro mostra documento com assinatura de dona Marisa feita em 2009 e pede explicação para as circunstâncias dessa assinatura. Lula analisa documento e diz ter a impressão que dona Marisa autorizou a venda do apartamento somente em 2012.

1h14’04” Lula diz: “Senhor Moro, é muito difícil para mim toda a hora que o senhor cita minha mulher sem ela estar aqui para se defender”. Moro diz que não está acusando dona Marisa, Lula diz que sabe, “mas o senhor me pergunta se eu vi, se não vi… sabe? Uma das causas que ela morreu foi as pressões que sofreu então não quero mais discutir isso”

1h15’02” Moro cita dona Marisa sobre pedido de restituição dos valores pagos até ali

1h17’50” Moro cita nota do Instituto Lula que fala do ressarcimento do montante pago. Nota é de 2014, quando dona Marisa estava viva.

1h 29’ 09” Moro cita dona Marisa. Lula repete o que está dizendo desde o primeiro depoimento em relação a dona Marisa.

3h01’ Lula cita Marisa dizendo que na época em que ela comprou a cota do apartamento o presidente da Bancop era João Vaccari Neto, em resposta à pergunta feita pelo representante do MP a respeito da relação entre Lula e Vaccari.

3h01’50” Representante do MP cita dona Marisa a respeito de nota divulgada pelo Instituto Lula sobre o apartamento no Guarujá, assunto que já havia sido tratado por Moro minutos antes. Lula responde usando o nome de dona Marisa, já que foi essa a pergunta.

3h03’05” Em nova resposta ao representante do MP Lula diz que quem cuidava das coisas do apartamento era dona Marisa, e que por isso não tinha conhecimento de como a cota foi paga, e explica o que tem explicado há algum tempo: que foi dona Marisa que comprou a cota.

3h08’55” Lula explica ao representante do MP, respondendo pergunta sobre visita ao apartamento do Guarujá, que dona Marisa autorizou a cota do apartamento a ser vendida.

3h12’04” O representante do MP cita a visita que dona Marisa fez ao apartamento com o filho Fabio e quer saber de quem foi a iniciativa para essa visita. Lula diz que deve ter sido de dona Marisa, mas que ela não comentou com ele. Lula explica outra vez que a cota era de dona Marisa.

3h22’27” Lula volta a dizer que quem comprou a cota foi dona Marisa, repetindo o que disse no primeiro depoimento, quando ela estava viva.

A partir daí, dona Marisa não é mais citada.

Fica claro, portanto, que quem trouxe dona Marisa ao depoimento foram o juiz e o MP, que Lula usou o nome da ex-mulher em respostas, e que ele não disse nada diferente do que já havia dito no primeiro depoimento, quando dona Marisa ainda estava viva.

A narrativa de que Lula culpou a ex-mulher diante de Moro é cínica e covarde, e usar uma mentira para criar capa de revista e campanha publicitária é moralmente indecente.

Mas, mais do que isso, é apenas uma desesperada tentativa de alienar a opinião pública, sedenta por sentenças, e, com isso, tentar fazer com que ela não enxergue a completa falta de provas para condenar Lula pelo triplex do Guarujá.

Fica a impressão de que a tentativa de colar em Lula o selo de bandido não está sendo útil porque, primeiro, as provas para condená-lo são fracas e, enquanto isso, ele cresce nas pesquisas. O plano B parece ser tentar colar nele o selo de covarde e ver se, com o novo selo, Lula perde força política.

É um jogo sórdido. É perseguição. É triste e nojento. Mas é o que estão nos oferecendo. O antídoto é perder tempo lendo e recorrendo à informações de qualidade e, com isso, tentar enxergar a verdade.

30 pensamentos sobre “A falsa narrativa de que Lula culpou dona Marisa

  1. Deveria ter lido Irmãos Karamazov de cabo a rabo, assistido O Leopardo e Doutor Jivago na sequência, ou quem sabe ter ficado vendo vídeos das vitórias e dos gols do Corinthians ao longo dos anos.

    Curtir

    • Obrigada pela matéria tão esclarecedora. Quando depois do enterro de Dona Marisa fiquei sabendo que o Presidente Lula iria depor em Curitiba agora em maio, ficou claro que o juizinho ia usar o nome dela muito, mostrando assim quão covarde ele é e isto não me surpreende em nada. O problema deste país é que o facismo neoliberal comandado está tomando conta e os esquerdistas cheios de moral não estão se dando conta de que o Presidente Lula comandou um país cujo congresso na época, não era muito melhor do que este que estamos vendo, e que portanto ele fez o que foi possível e mais, que o PT assusta tanto ao PSDB, DEM e PMDB que eles precisam muito destruí-lo, e senão abrirmos logo os olhos, seremos todos nós brasileiros, engolidos, para não nos deixarmos com um único centavo no bolso além do suficiente à nos mantermos escravos, pois somos muito perigosos querendo ser felizes!!!

      Curtir

  2. Pingback: Totalitarismo da grande mídia e o desmonte detalhado do discurso por uma jornalista

  3. Do pouco que assisti do depoimento, já havia percebido isso: quem citava a Dona Marisa era justamente o inquiridor…
    O que não percebi, e passo perceber agora a partir dessa sua reconstrução do depoimento, é que tudo isso tem grande possibilidade de ter sido algo orquestrado previamente, inclusive com setores da grande mídia comercial, com o objetivo de construir essa narrativa, de ataque moral à figura de Lula…
    Parabéns pelo trabalho… Importante repercutir isso em outros meios, tantos quanto forem possíveis…

    Curtir

    • tem muita coisa ai no meio. eu não confio me ninguém. não confio no lula, não confio no moro

      temos qyue ficar sempre em alerta

      Curtir

  4. Era o texto q eu precisava p replicar e replicar para aqueles q, não cegados pelo ódio,se disponham a conhecer uma narrativa imparcial. Incrível e desprezível o q a mídia dominante tem feito com esse depoimento.

    Curtir

  5. Acho que você deve estudar mais a análise do discurso. Em vários momentos, ficam o sentidos de que os atos foram de dona marisa.

    Nas afirmações de lula, é visível a produção de sentidos acerca da culpa de dona marisa. claro que a produção de sentidos depende dos sujeitos que falam e dos que lêem. então, essa pode ter sido os sentidos que eu dei à fala de lula.

    Digo isso salientando que sempre votei em lula e no PT, mas quero ser justo. Hoje em dia, se eu souber que minha mãe é culpada e que há qualquer indício contra ela, quero que ela seja investigada. Não confio mais em ninguém. Não confio em lula, não confio em moro, não confio nem no meu cachorro (que sempre é visto como o mais fiel dos animais)

    Curtir

    • Mesmo que a pessoa tenha sido de esquerda e tenha votado no Lula, se não compreender que o Presidente Lula fez tudo o que estava ao seu alcance para melhorar este país, mesmo ele tendo que lidar com toda a corrupção que existe aqui e que hoje estamos vendo a todo momento nos notíciários, vindo dos quadros do congresso, senado e de dentro do judiciário, a cada decisão de Temer e seus marionetes (e tem sido um assombro), tudo o que o Presidente Lula fez de bom por este país, ainda que existam provas do bem que outros nem tentaram, isto jamais será alguma coisa ou melhor, será “nada”, diante da falta de provas que existem para acusá-lo e, nunca, mesmo “estes” que se negam a entender o que deve ser tratar com esta gente tão baixa, jamais enxergarão que a perseguição política a que ele tem sido submetido, bem como os motivos dela existir, em verdade não passam de meios para atingir o Partido dos Trabalhadores. Eu particularmente conheço um outro partido político em que posso confiar 100% nos seus quadros, pois sei o quanto eles trabalham pela causa dos trabalhadores, mas ele nunca em eleição alguma obtiveram mais do que 3% dos votos da população. Então??!! A causa de tanta difamação contra os políticos do PT é óbvia e só não vê quem não quer. Querem destruir o Partido dos Trabalhadores e é preciso urgentemente que estes que dizem que são de esquerda e também os que se dizem co-fundadores do PT e que hoje estão decepcionados, que lutem por ele.

      Curtir

    • “Em vários momentos, ficam o sentidos de que os atos foram de dona marisa”. Pode mostrar e explicar pelo menos um, já que deve ter feito uma análise do discurso?

      Curtir

  6. colocar no mesmo nível a injustiça , preconceitos, fronteiras morais com derrota do corinthians deve fazer algum sentido , não p mim … parei ai de ler ai.

    Curtir

  7. Olha em minha opinião nao podemos ter decência nem escrúpulos com quem destruiu o pais no Brasil temos a mania de santificar quem morre e nao se deve esquecer que o maior culpado de se chegar a isso foram eles mesmos.
    A foto da minha mãe nao saiu na veja, ela nunca respondeu a um processo criminal, o filho dela nao saiu de funcionário de zoológico para multimilionário em 8 anos fica fácil agora se sentir ofendido .Ofendido estou eu com o que foi feito com meu Brasil. Agora esta na hora de pagar

    Curtir

    • Carlos dá pra perceber, e entender o seu Ódio, no entanto, a matéria do nosso grande colega, é esclarecer as notícias que foram publicadas e não tentar santificar ou inocentar alguém ou algum partido, o meu maior desejo é que as pessoas pensassem sem influências partidárias e midiáticas, reflita rapaz e não ataque sem provas!

      Curtir

  8. Assisti na integra o interrogatório.
    Em momento algum o sr. Lula acusou a falecida esposa.
    Os oligarcas sabem que se condenarem o ex-ex-presidente injustamente irão incendiar o país. Tentarão desmoralizá-lo antes.
    O sr. Moro terá que prestar contas a um Juiz justo um dia. Nem que não seja nesta vida….

    Curtir

  9. Parabéns, Milly!
    É cada vez mais difícil encontrar lucidez nestes tempos ódio, intolerância e desinteresse em pesquisar pelos fatos ocorridos. Uma manchete qualquer, mesmo que sem fundamento, desde de que satisfaça a sede de culpar alguém que o incomode, já é suficiente. E o pior é que pra muitos desinformados(manipulados?) elas acabam se tornando “verdades”, por serem repetidas a exaustão.

    Curtir

  10. O que está em jogo é o Brasil. A narrativa criada em torno do Lula e da dona Marisa é a narrativa dos golpistas. E eles fizeram isso e farão coisas piores pois não tem escrúpulos e tem o apoio das grandes corporações e dos EUA.

    Curtir

  11. tem varias perguntas do moro e não tem respostas do Lula, basta perder tempo e assistir as 5 horas do depoimento e fica claro e evidente que o Lula falou da marisa 78 vezes.

    Curtir

  12. Obrigada pela matéria tão esclarecedora. Quando depois do enterro de Dona Marisa fiquei sabendo que o Presidente Lula iria depor em Curitiba agora em maio, ficou claro que o juizinho ia usar o nome dela muito, mostrando assim quão covarde ele é e isto não me surpreende em nada. O problema deste país é que o facismo neoliberal comandado está tomando conta e os esquerdistas cheios de moral não estão se dando conta de que o Presidente Lula comandou um país cujo congresso na época, não era muito melhor do que este que estamos vendo, e que portanto ele fez o que foi possível e mais, que o PT assusta tanto ao PSDB, DEM e PMDB que eles precisam muito destruí-lo, e senão abrirmos logo os olhos, seremos todos nós brasileiros, engolidos, para não nos deixarmos com um único centavo no bolso além do suficiente à nos manter

    Curtir

  13. Mesmo que a pessoa tenha sido de esquerda e tenha votado no Lula, se não compreender que o Presidente Lula fez tudo o que estava ao seu alcance para melhorar este país, mesmo ele tendo que lidar com toda a corrupção que existe aqui e que hoje estamos vendo a todo momento nos notíciários, vindo dos quadros do congresso, senado e de dentro do judiciário, a cada decisão de Temer e seus marionetes (e tem sido um assombro), tudo o que o Presidente Lula fez de bom por este país, ainda que existam provas do bem que outros nem tentaram, isto jamais será alguma coisa ou melhor, será “nada”, diante da falta de provas que existem para acusá-lo e, nunca, mesmo “estes” que se negam a entender o que deve ser tratar com esta gente tão baixa, jamais enxergarão que a perseguição política a que ele tem sido submetido, bem como os motivos dela existir, em verdade não passam de meios para atingir o Partido dos Trabalhadores. Eu particularmente conheço um outro partido político em que posso confiar 100% nos seus quadros, pois sei o quanto eles trabalham pela causa dos trabalhadores, mas ele nunca em eleição alguma obtiveram mais do que 3% dos votos da população. Então??!! A causa de tanta difamação contra os políticos do PT é óbvia e só não vê quem não quer. Querem destruir o Partido dos Trabalhadores e é preciso urgentemente que estes que dizem que são de esquerda e também os que se dizem co-fundadores do PT e que hoje estão decepcionados, que lutem por ele.

    Curtir

  14. Milly,

    Diferente de voce, votei no Lula contra o Collor em 1989, ajudei a elegê-lo em 2002 e 2006.
    Nestas oportunidades, o que motivou minha escolha foi a promessa de uma atuação politica pautada pela ética e pela honestidade.
    Isto posto, para que sua avaliação seja mais adequada, voce poderia estudar toda a cronologia do processo na imprensa, em particular a argumentação da defesa.
    Possivelmente, após tudo que foi dito e escrito nos autos ao longo do processo, o Dr. Moro buscou esclarecer junto ao acusado o que constava nos autos.

    Curtir

  15. Pingback: Não podemos banalizar a vingança. Lula é inocente - Portal Fórum

  16. Ué! Mas a gente VIU ele culpando! Tipo macho amiguinho do juiz: “o senhor é casado, sabe como são as mulheres, elas não consultam a gente sobre o que fazem”….
    Mas admiro e louvo seu esforço para produzir este texto.

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s